Onde limite é a virgula e não o ponto.


Sem Despedida

21/02/2014 19:48



 

cultivei esperança
e acolhi ilusão 
estoquei as sementes 
da imaginação 

acordei neste dia
sem nada na mão 
a colheita querida
só desilusão...

ela foi-se embora
levando-me a aurora 
de trem só de ida
minha alma partida



Mauricio de Carvalho Gervazoni

 

 

Mais de mim:www.sem-fronteiras.net

Leia mais: http://sem-fronteiras2.webnode.com/news/idiossincrasia/




—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!